Esperado na Primavera. Renault desvenda mais aspectos e imagens do Austral

7 meses, 1 semanas atrás - 10 Janeiro 2022, turbo
Renault Austral
Renault Austral
Depois da revelação do nome, a Renault acaba de divulgar, agora, mais um pouco do seu próximo SUV, o Austral. Não apenas a estética exterior, ainda fortemente camuflada, como também outros aspectos, importantes na validação do produto final.

Modelo cuja chegada está prevista para a próxima primavera e cuja principal responsabilidade será substituir o hoje em dia bem conhecido Kadjar, o Renault Austral encontra-se, neste momento e segundo avança a própria marca francesa, na sua fase final de desenvolvimento.

Escolhido para estrear uma nova plataforma, CMF-CD3, o futuro crossover francês continua a ser submetido a intenso programa de testes, com os quais o fabricante francês espera validar, não apenas a fiabilidade, como também a longevidade, dos vários componentes.

De resto e ainda de acordo com as informações agora divulgadas, o Austral está, neste momento, a entrar na fase das chamadas “provas de confirmação”, durante as quais cerca de uma centenas de protótipos, terão de cumprir cerca de dois milhões de quilómetros, por terras de França, Espanha, Alemanha e Roménia. Isto, com o objectivo de “verificar a eficácia e a boa implementação das soluções com que foi concebido”, acrescenta a Renault.

Relativamente a estes dois milhões de quilómetros, o fabricante explica, ainda, que, cerca de 600.000 km serão cumpridos, por um total de 900 condutores, em condições reais de utilização em estrada aberta, enquanto os restante 1.400.000 km serão realizados em diferentes circuitos.

Com estes testes, a Renault espera validar, por exemplo, as configurações e regulações previstas para a nova plataforma CMF-CD3, assim como o desempenho das tecnologias de apoio à condução, a qualidade da insonorização, ou, ainda, o conforto da suspensão.

Finalmente e, também, em análise, vão estar as motorizações, que no caso do Austral serão, todas elas, a gasolina e electrificadas. Sendo que, a maioria, são, inclusivamente, inéditas na oferta do construtor automóvel: um motor E-Tech Hybrid de nova geração, um motor 1.3 TCe mild-hybrid 12V e um motor 1.2 TCe mild-hybrid 48V completamente novo.

Com estas opções, a Renault espera oferecer níveis de eficiência recordes, com emissões desde 105 g/km de CO2, valor indicado para o motor E-Tech já no ciclo WLTP, embora ainda em processo de homologação, além de uma potência máxima de até 200 cv.

Support Ukraine