Como saber se o carro tem o conta-quilómetros martelado?

25 Novembro 2019 - Auto Monitor

Illustration

Muitos condutores optam por comprar carros usados – tanto a nível nacional, como internacional -, procurando fechar um bom negócio ao nível do preço.

Contudo, na compra de um veículo usado, a maioria das preocupações advém das informações sobre os quilómetros que o carro realmente tem – e, infelizmente, há bastantes casos de proprietários que são enganados e compram carros com os quilómetros alterados.

As primeiras impressões são muito importantes: ao deparar-se com um automóvel que apresente poucos quilómetros, mas cujas condições exteriores e interiores comprovam uma idade bastante superior, desconfie.

No interior, avalie os estofos, volante, pedais, travões, borrachas, embraiagem, entre outras. Se tiverem um desgaste demasiado evidente e a quilometragem mostrar um valor equivalente ao de um veículo quase novo, sabe que pode estar a ser enganado. Este tipo de material foi concebido para durar algum tempo, pelo que o seu desgaste não se justifica num carro com pouca quilometragem.

No exterior, preste atenção ao estado da pintura e à aparência frontal do capô (interior e exterior) – este aspeto é bastante importante, pois remete para um possível cenário de que, num passado recente, o carro tenha estado envolvido num acidente de colisão frontal.

De forma a compreender este problema, opte por levar consigo alguém de confiança e que tenha a sensibilidade ou o ofício de trabalhar com chaparia e pintura automóvel. Existem, por vezes, detalhes sobre a pigmentação e verniz que tanto ao vendedor, como ao comprador, podem escapar.

Carros portugueses

Caso o veículo seja português e apresente uma quilometragem suspeita, o processo para saber se o conta-quilómetros foi "martelado" não é muito complicado.

Dirija-se ao IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes) ou visite o site. Apresente a matrícula do veículo e peça uma Certidão de Inspeção do IMT. Se fizer o pedido nas instalações, pagará 30€ e receberá uma carta com as informações referentes à quilometragem de todas as inspeções automóveis obrigatórias. Caso faça o pedido online, usufruirá de 10% de desconto sobre os 30€ e receberá igual informação, de forma eletrónica, para o e-mail que indicar.

Se verificar que a quilometragem do carro usado não está em coerência com o documento solicitado ao IMT, isto é, se no documento indicarem mais quilómetros do que os atuais, ficará com a certeza de que eles foram alterados.

Portanto, se viu um carro usado a bom preço, mas desconfia do seu valor extremamente competitivo, prefira gastar 30 euros em vez de fechar um negócio que só trará prejuízos e mais não é do que uma negociação fraudulenta.

Carros estrangeiros

Mesmo sendo estrangeiro, há também como saber se o carro tem os quilómetros alterados. Existem dois sites que permitem detetar fraudes na quilometragem apresentada – AutoDNA e VIN-Info – bastando para tal inserir o VIN (Vehicle Identification Number) dos veículos ou o número de identificação que consta do DUA (Documento Único Automóvel).

Estes sites permitem saber muita informação sobre o automóvel, assim como o número de proprietários que teve, o número de acidentes registados e até fotografias das seguradoras.

Notícias Por Etiquetas

A1A2ACAPAcidentealfa romeoAlfa Romeo GiuliaAlgarveAljustrelAmaranteappleArcos de Valdevezaston martinauctionaudiAudi A3Audi A6Audi e-tronAudi q8Audi Rs4Audi Rs6BarreiroBejabentleybikebikesBMWBMW 2 SeriesBMW 4 SeriesBMW 8 seriesBMW M3BMW M4BMW m5BMW X3BMW X5BMW x7bmw z4bombeirosBragaBrasilBrazilBrexitBugattibuying guideCabrioCaminhaCampeonato Nacional de Velocidadecar rentCarlos GhosnCarro elétricocarros usadosCarta de conduçãoCascaisCastelo BrancochinaChryslercitroenclassicclassic carclassicsCoimbraconvertiblecoronavirusCrash Testcrash testsCristiano RonaldoCupraCupra Formentorcustom cardaciaDacia DusterDacia Sanderodieseldiesel scandaldieselgatedrag raceDucatielectricEMELemissionsEspanhaEspinhoEstacionamentoestradasEUEuropaeuropeevFafeFaroFCAFederação de Motociclismo de PortugalFerrariFiatFiat 500Fiat 500eFiat 500XFiat PandafordFord FiestaFord Focusformula 1FranceFrankfurt Motor ShowGenesisGeneva Motor ShowGermanyGNRGondomarGoogleGovernoGuimarãeshondaHonda CivichybridHyundaiHyundai TucsonISVitaliaItalyJaguarjeepJeep CompassJeep GladiatorJeep WranglerkiaLA Auto ShowLamborghiniLancialand roverLand Rover DefenderLand Rover DiscoveryLeirialexusLisboaLisbonLotusLouléMaçãoMadeiraMaiaMarco de CanavesesMatosinhosmatrículasmazdaMazda CX-5Mazda MiataMcLarenMercado automóvelmercedesMercedes A-classMercedes S-ClassmetrominiMini CooperMini CountrymanMini John Cooper WorksMitsubishiMitsubishi OutlanderMorganMOTOCROSS E ENDUROmotorcyclemotorsportNew York Auto ShownissanNissan LeafNissan QashqaiOlhãoopelOpel CorsaOpel MokkaOvarPalmelaparcómetrosParedesPenafielPeugeotPeugeot 208Peugeot 508Peugeot 508 SWpickuppolicePonte de LimaPorschePorsche 911Porsche CayennePorsche MacanPorsche TaycanportagensPortoPortugalProdução automóvelPSAPSPradaresRalicrossRamRange RoverrecallrenaultRenault CapturRenault DusterRenault MeganeRenault Zoerent a carrestorationsafetysafety ratingsSafety testsSamsungSanta Maria da FeiraSantaremseatSeat CupraSeat LeonSeat TarracoSergio MarchionneSetubalSintraskodasmartSmart ForTwospainspy shotsStellantissubarusupercarssuvsuzukitaxitechnologyteslaTesla Model 3Tokyo Motor ShowtoyotaToyota Hiluxtoyota supraToyota YarisTroféu BetatrucktuninguberukUnited StatesUSAused car buying guideValençaValongovendasVendas de carrosViana do CasteloVieira do MinhoVila Nova de FamalicãoVila Nova de GaiaVila RealVila VerdeViseuvolkswagenVolkswagen GolfvolvoVolvo XC40vwVW CaddyVW golfVW PoloVW T-RocYamaha