Variante de Olhão à EN125 não está esquecida, garante ministro

2 Agosto 2018 - sulinformacao

Variante de Olhão à EN125 não está esquecida, garante ministro

A Variante de Olhão não será esquecida pelo Governo e o projeto está a avançar, garantiu, esta quarta-feira, 25 de Julho, o ministro do Planeamento e Infraestruturas Pedro Marques.

O membro do Governo esteve no Algarve para visitar as obras na Ponte do Guadian a e assistir ao balanço das obras de emergência feitas recentemente na EN125 e revelou que o estudo prévio da obra deverá estar concluído «em Agosto».

«A Infraestruturas de Portugal (IP) está a desenvolver os projetos para poder, por exemplo, fazer a Variante a Olhão. Neste momento, o estudo prévio que é necessário para se obter a Declaração de Impacto Ambiental (DIA) está quase concluído. Penso que será agora em Agosto que fica terminado», disse Pedro Marques.

«Isto significa que poderemos obter a DIA para esta obra estruturante, segundo a nossa expetativa, no início de 2019. Nessa altura, podemos fazer o projeto de execução e, em seguida, a obra». «Não desistimos da obra», garantiu o membro do Governo.

Esta intervenção, bem como a construção da Variante à Luz de Tavira, foram duas das obras que caíram, quando foi feita a renegociação pelo anterior Governo da concessão Rotas do Algarve Litoral, e que levou a que o troço da EN125 entre Olhão e Vila Real de Santo António regressassem à tutela direta do Estado, via Infraestruturas de Portugal.

Com a entrada do atual executivo PS, voltaram a ser colocadas em cima da mesa, com Pedro Marques a assegurar que a obra era para se fazer. Há pouco mais de um ano, a IP anunciou que tinha adjudicado a realização do estudo prévio, que está, ao que diz o ministro, quase concluído.

Esta obra foi, de resto, uma das intervenções definidas como prioritárias e visa o «incremento das condições de fluidez e de segurança da circulação rodoviária e pedonal», segundo a IP.

Venda o Seu Carro