Sabe quais as estreias previstas para 2023? Revelamos-lhe as principais

1 year, 5 months atrás - 4 Janeiro 2023, turbo
Sabe quais as estreias previstas para 2023? Revelamos-lhe as principais
Cumprindo o seu plano de renovação de produto, as marcas têm previstas várias estreias para 2023. Conheça algumas das principais novidades que já estão na calha.

As marcas automóveis vão procurar obter o melhor compromisso possível com o lançamento de modelos de combustão internos rentáveis e equivalentes elétricos mais caros para ajudar a baixar as emissões médias de dióxido de carbono e evitarem pesadas multas por parte da União Europeia.

A BMW, por exemplo, vai lançar uma nova atualização da Série 5, com carroçaria berlina e station-wagon, assim como uma versão elétrica denominada i5. A estratégia da outra marca do grupo, a Mini, passa pelo fabrico de versões de combustão em Inglaterra, subcontratando ao parceiro Great Wall a produção da versão elétrica na China.

O segmento dos pequenos SUV tem tendência para crescer rapidamente com o lançamento de novos produtos da Hyundai – que vai substituir o Kauai -, da Toyota e da Honda. A Fiat também deverá reforçar a sua oferta com uma versão elétrica do seu pequeno SUV, que será um gémeo do Jeep Avenger fabricado na Polónia, assim como o primeiro modelo elétrico da marca norte-americana.

A Volkswagen, por seu lado, vai iniciar as vendas do ID 7, um rival do Tesla Model 3, que é o maior concorrente global da marca alemã em termos de volume de vendas. O maior mercado do ID 7 vai ser a China, segundo admite a marca de Wolfsburgo, mas este modelo irá ser comercializado em todo o mundo. 

Aqui ficam algumas das principais novidades para 2023, com base em dados recolhidos pelo Automotive News Europe. 

BMW Série 5  
O renovado BMW Série 5 chega no final de 2023. O modelo irá manter a atual plataforma CLAR com tração traseira, assim como a motorização de combustão, mas a oferta poderá ser reforçar com a linha motriz híbrida com bateria recarregável externamente do novo SUV XM. A gama contará com uma versão totalmente elétrica, i5.

BMW XM
O SUV grande híbrido plug-in XM é o primeiro modelo da submarca de performance M desde o lançamento do BMW M1 há cinco décadas. O XM insere-se no segmento dos SUV desportivos de luxo e irá concorrer com modelos como o Lamborghini Urus ou o Aston Martin DBX.

Ferrari Purosangue
O primeiro modelo de quatro portas da Ferrari, o SUV Purosangue deverá começar s ser entregue aos clientes europeus no segundo trimestre. Com um preço a partir de 390 mil euros em Itália, o Purosangue V12 vai ser o segundo modelo de produção mais caro da marca do Cavallino Rampante depois do SF90. 

O SUV da Ferrari consegue alcançar uma velocidade máxima superior a 310 km/h e acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,3 segundos.

Fiat pequeno SUV
O primeiro SUV pequeno da Fiat deverá ser apresentado em 2023. O novo modelo será proposto em versões elétricas e a gasolina, e irá partilhar a mesma plataforma com o Jeep Avenger. Ambos os SUV pequenos serão produzidos na fábrica da Stellantis de Tychy, na Polónia.

Ford Explorer Sport EV
A Ford deverá desvendar em março um SUV compacto elétrico baseado na plataforma MEB do Volkswagen Group. O novo modelo poderá receber a designação Explorer Sport e será produzido em Colónia, na Alemanha. A Ford reivindica que o SUV terá uma autonomia de 500 quilómetros, após cada carregamento.

Jeep Avenger
O Avenger chega este ano e será primeiro veículo elétrico da Jeep, assim como o segundo modelo da marca no segmento dos SUV pequenos – o de maior expressão na Europa – juntamente com o Renegade. O novo modelo será comercializado na versão elétrica na maioria dos mercados, mas noutros, como Itália e Espanha, também estará disponível com motorização a gasolina. O Jeep Avenger será produzido na fábrica da Stellantis na Polónia.

Honda ZR-V
O SUV compacto ZR-V irá ter um posicionamento na oferta de SUV da Honda entre o SUV pequeno HR-V e o crossover de dimensões médias CR-V. O ZR-V estará disponível exclusivamente com linha motriz híbrida.

Honda SUV elétrico pequeno
A Honda vai iniciar a comercialização do SUV elétrico e:Ny1, que deverá concorrer com as versões elétricas do Hyundai Kauai e do MG ZS.

Honda CR-V
O SUV médio CR-V vai ser substituído por um novo modelo que será proposto com linhas motrizes híbridas ou híbridas com bateria recarregável externamente (PHEV). O novo SUV médio será o primeiro PHEV da Honda na Europa.

Hyundai Kauai
A Hyundai deverá apresentar a nova geração do pequeno crossover Kauai no final de 2023. A marca coreana já desvendou o design futurístico da nova gama que estará disponível em versões elétricas e de combustão, assim como uma variante com uma imagem desportiva N Line. Cada versão do novo Kauai terá um design específico.   

Hyundai Ioniq 6
O concorrente da Hyundai do Tesla Model 3 partilha a arquitetura elétrica e-GMP com o Ioniq 5 e o Kia EV6. Como a Hyundai privilegiou a aerodinâmica no projeto do Ioniq 6, isso traduz-se numa autonomia de 631 quilómetros obtidos a partir da bateria de 77 kWh de capacidade.

Maserati GranTurismo
A marca de automóveis de luxo da Stellantis substitui o GranTurismo em 2023 com versões elétricas e a gasolina do coupé. O GrandTurismo da segunda geração vai custar cerca mais 50 mil euros do que o da anterior, cuja produção terminou em 2019, o que significa que irá ter um preço a partir de 200 mil euros, sem impostos.

Mercedes-Benz Classe E
A nova geração do Classe E, nas carroçarias berlina e station-wagon, chega já este ano. A versão mais eficiente será a híbrida plug-in, a qual deverá receber uma bateria com capacidade de 28,6 kWh para oferecer uma substancial autonomia em modo elétrico. A berlina elétrica da gama é o EQE, que entrou em comercialização em 2022.

Mercedes-Benz EQE SUV
As primeiras entregas do EQE SUV estão previstas para o início de 2023. A produção do SUV elétrico grande da Mercedes-Benz arrancou na fábrica de Vance, no estado norte-americano do Alabama no mês de dezembro. O EQE SUV tem uma bateria de 90 kWh que permite percorrer até 590 quilómetros, com base em testes em ciclo WLTP.

Mini Countryman
O substituto do SUV compacto da Mini chega este ano, tendo a produção sido transferida dos Países Baixos para a fábrica do BMW Group em Leipzig, na Alemanha. A Mini irá disponibilizar, pela primeira vez, uma versão elétrica deste modelo, juntamente com motorizações a gasolina e a gasóleo.

Mini Hatch
O novo hatchback da marca inglesa irá substituir a versão atual do seu icónico modelo. A versão elétrica será produzida na China, ao abrigo do acordo entre o BMW Group e a Great Wall Motor. A fábrica da Mini em Oxford (Inglaterra) irá assegurar a produção da nova vbersão do modelo a gasolina.

Smart #1
O primeiro modelo resultante da joint-venture entre a Mercedes-Benz Cars e a Geely é o pequeno crossover smart #1 que tem uma autonomia anunciada de 440 quilómetros. O novo modelo, que chega ao mercado em 2023, é construído a partir da plataforma SEA da Geely.

Opel Astra Electric
A berlina e a station-wagon de segmento C da Opel vai receber uma linha motriz elétrica que se irá juntar às opções já disponíveis a gasolina, a gasóleo e híbrida plug-in. O Astra Electric partilha a bateria de 58 kWh com o Peugeot e-308, que inclui uma nova química em níquel para possibilitar uma autonomia de até 416 quilómetros.

Peugeot 3008
A Peugeot deverá desvendar o substituto do seu popular SUV compacto 3008 em 2003. A marca do leão ainda não adiantou quaisquer pormenores, mas tudo indica a oferta contará com uma linha motriz híbrida com bateria carregável externamente juntamente com a conhecida motorização a gasolina turbo de 1,2 litros (1.2 PureTech).

Renault Espace
 Renault quer substituir o monovolume Espace por uma versão “esticada” do SUV compacto Austral, o que permitirá oferecer sete lugares. Os motores poderão ser os mesmos que foram introduzidos no modelo Austral, lançado recentemente, que deverá incluir motorizações a gasolina microhíbridas, assim como uma versão totalmente híbrida.

Skoda Superb
A Skoda prometeu o lançamento da nova geração da gama de dimensões médias Superb em 2003. O novo modelo será construído juntamente o Volkswagen Passat na fábrica do Volkswagen Group de Bratislava, na Eslováquia, em vez do país de origem da marca. O novo Passat também deverá ser apresentado, mas ainda não foi divulgada qualquer informação oficial. 

Toyota bZ SUV
A marca japonesa deverá apresentar o SUV elétrico pequeno para a Europa em 2023 e desafiar os principais modelos do segmento como o Hyundai Kauai Electric, o Peugeot e-2008 e o Opel Mokka-e. Os detalhes são escassos, mas o novo modelo deverá ser comercializado pela submarca bZ da Toyota que é utilizada para veículos elétricos.

Volkswagen ID 7
A resposta da Volkswagen ao Tesla Model 3 deverá ser o ID 7 que será apresentado numa versão de pré-produção em Las Vegas no Consumer Electronics Show (CES). Conhecido anteriormente como ID Aero, o novo modelo será construído com base na plataforma MEB da Volkswagen e também deverá ser comercializado na carroçaria station-wagon. A forma aerodinâmica dará à versão de produção uma autonomia de até 620 quilómetros, sendo utilizada para o efeito uma bateria com capacidade de 77 kWh.

Volkswagen Passat 
O modelo de segmento médio superior da Volkswagen, Passat, será apresentado em 2023, mas só será comercializado em 2004 nas carroçarias berlina e station-wagon. O novo modelo vai partilhar a mesma arquitetura com o novo Skoda Superb.

Volvo EX90
O SUV premium de grandes dimensões de sete lugares Volvo EX90 começar a ser entregue aos clientes em 2023. Construído a partir de uma plataforma para veículos elétricos, o SUV topo de gama da marca sueca tem uma bateria com 111 kWh que permite percorrer até 600 quilómetros.

O sistema de infoentretenimento do Volvo EX90 corre num ecrã tátil central de 15”, o qual utiliza o sistema operativo Android Automotive da Google. 

Apoiamos a Ucrânia