Motociclista de 40 anos morre na A44 em Gaia

9 months, 4 weeks atrás - 15 Agosto 2023, Jornal de Notícias
Bombeiros feridos em colisão seguida de capotamento na Moita
Bombeiros feridos em colisão seguida de capotamento na Moita
Um motociclista de 40 anos morreu, no início da tarde desta segunda-feira, na sequência de um acidente rodoviário na A44, em Mafamude, Gaia, que envolveu um veículo ligeiro de passageiros. A vítima não resistiu aos ferimentos e o óbito foi declarado no local.

Ao que o JN apurou, o homem de 40 anos ter-se-á despistado contra um rail, sofrendo ferimentos fatais. À chegada ao local, os meios de socorro já nada puderam fazer. 

Segundo o Comando Sub-Regional de Operações de Emergência de Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto, o acidente aconteceu no quilómetro 5 da A44, junto ao Trofa Saúde Gaia, no sentido sul-norte, e o alerta foi dado às 12.47 horas.

À Lusa, fonte dos Bombeiros Sapadores de Vila Nova de Gaia esclareceu que a vítima mortal era o condutor do veículo motorizado e que as circunstâncias do acidente "ainda não são conhecidas".

No local estiveram 15 elementos dos Sapadores de Gaia e da GNR, apoiados por cinco viaturas.

Tragédia na estrada: Equipa de Carolina Deslandes envolvida em acidente mortal

Carolina Deslandes recorreu às redes sociais para emitir um comunicado. A equipa da cantora envolveu-se num acidente rodoviário, que resultou numa morte.

Carolina Deslandes recorreu às redes sociais para publicar um comunicado, no qual conta que a equipa envolveu-se num acidente rodoviário, resultando em três feridos do staff e um morto. O óbito foi um dos ocupantes do outro veículo.

“No decorrer de um acidente, três elementos da nossa equipa estão feridos. Pedimos que respeitem a privacidade e o momento que as famílias estão a atravessar, bem como toda a nossa estrutura que é família há tantos anos”, escreveu.

“Será a única vez que vamos falar sobre este assunto. Queremos desde já, prestar as nossas condolências à outra família envolvida no acidente. Obrigada pela preocupação e pelo amor”, acrescentou.

“Peço também que não façam mais perguntas sobre nada. Estamos a fazer o possível para cumprir com os nossos deveres profissionais, não sendo essa a nossa primeira prioridade”, rematou, sem fornecer qualquer informação acerca do local do acidente.

Carro ardeu na A3

Um carro foi totalmente consumido pelas chamas na manhã desta segunda-feira, na A3, na zona de Cruz, em Famalicão. 

A viatura, que circulava no sentido Famalicão/Cruz, começou a arder e quando os bombeiros chegaram já estava tomada pelas chamas. Ninguém ficou ferido.

Pai atropelou mortalmente filho de dois anos em Coimbra

Um menino de dois anos morreu, após ter sido atropelado pelo pai, nas traseiras de uma casa, em Tovim, Coimbra.

O acidente aconteceu este domingo, ao início da tarde, e à chegada da PSP já nada havia a fazer pela criança.

Segundo o que o JN apurou, o condutor da viatura é um homem de 31 anos, pai da criança.

O alerta foi dado pelas 14.40 horas e o acidente aconteceu na Rua Eládio Alle Alvarez.

Além de uma equipa do INEM, acorreu ao local a PSP, que tomou conta da ocorrência.

Bombeiros feridos em colisão seguida de capotamento na Moita

Dois bombeiros, homem e mulher, ficaram feridos quando a ambulância onde seguiam em marcha de urgência capotou, após colidir com uma viatura ligeira na Moita, a poucas centenas de metros do quartel e quando se dirigiam a uma ocorrência. A condutora da viatura ligeira também sofreu ferimentos, considerados ligeiros. 

O alerta foi dado perto das 23.30 horas deste domingo. A ambulância do INEM no quartel dos bombeiros voluntários da Moita seguia em marcha de urgência quando se deu a colisão, seguida de capotamento, num cruzamento na Rua dos Descobrimentos com a Rua Manuel da Fonseca. 

Os três feridos, dois bombeiros e a ocupante da segunda viatura envolvida no choque, foram transportados para o Hospital do Barreiro, onde receberam assistência aos ferimentos e tiveram alta ainda na madrugada desta segunda-feira.

Pedro Ferreira, comandante dos bombeiros da Moita, refere que os bombeiros estão bem, assim como a ocupante da segunda viatura envolvida e que já pediu ao INEM uma viatura de substituição. 

As autoridades vão investigar as causas do choque rodoviário.

Apoiamos a Ucrânia