Autarca de Viana defende nova portagem na A28 para a Área Metropolitana do Porto

17 Janeiro 2019 - Jornal de Notícias

Autarca de Viana defende nova portagem na A28 para a Área Metropolitana do Porto

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, José Maria Costa (PS), defendeu, esta terça-feira, a introdução de uma nova portagem na A28, para "os mais de 200 mil automóveis que atualmente circulam sem pagar na Área Metropolitana do Porto".

Segundo autarca, foi pedida já uma reunião ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, a quem será solicitada a "revisão dos custos de portagem" sustentada por um estudo técnico.

"Na zona mais próxima do Porto, na área de Matosinhos, o acesso da A28 é livre e circulam mais de 200 mil automóveis. Se aí houvesse um pagamento ainda que baixo, compensaria os cerca de 30 ou 40 mil que têm de fazer um percurso muito grande e que são mesmo obrigados a ir de carro ao Porto, porque não há transportes públicos", declarou, comentando: "Quem está na Área Metropolitana do Porto tem Metro, autocarros e até devia ser penalizado para usar mais os transportes públicos".

"A nossa proposta é que o valor da portagem seja gradual, sendo mais barato quanto mais afastado do Porto e mais caro quanto mais próximo da área metropolitana", acrescentou, referindo que a portagem do pórtico de Neiva, situado à entrada da cidade de Viana, "é das mais caras do país e tem de ser de revista".

O autarca socialista falava, durante a reunião quinzenal do executivo, onde a CDU apresentou uma moção da CDU a apelar ao Governo que elimine as portagens na A28.

Venda o Seu Carro