Um morto após queda de carro de rali ao rio em Mortágua

19 Fevereiro 2017 - Jornal de Notícias

Um morto após queda de carro de rali ao rio em Mortágua

Um carro de rali com dois ocupantes despistou-se, esta quarta-feira, em Mortágua, e caiu ao rio Criz. Uma pessoa morreu no acidente e outra foi transportada para o hospital.

A vítima mortal trata-se de Jorge Amorim, uma personalidade conhecida no meio automobilístico, diretor do rali do Vinho do Dão e diretor-adjunto do rali de Mortágua, e o ferido é o piloto penafidelense João Vinha.

O acidente com o Mitsubishi Lancer deu-se quando os pilotos treinavam na estrada nacional 234. A viatura despistou-se, no limite entre Santa Comba Dão e Mortágua, tendo caído ao rio.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Mortágua, Luís Filipe Rodrigues, João Vinha foi retirado do local e transportado para o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

O corpo de Jorge Amorim acabaria por ser encontrado pelas 18 horas, junto à viatura acidentada, após 40 minutos de buscas. José Luís Teixeira, responsável pela equipa de Mergulhadores de Viseu, diz que o copiloto tentou sair do carro, mas que se deve ter desorientado.

No local estiveram 27 operacionais das corporações de Mortágua e Santa Comba Dão.

A viatura foi retirada do local perto das 18.45 horas.

Venda o Seu Carro