Morreu um dos feridos de colisão com ambulância em Matosinhos

20 Outubro 2019 - Jornal de Notícias

Morreu um dos feridos de colisão com ambulância em Matosinhos

Seguia a caminho do Hospital Pedro Hispano quando a ambulância que o transportava colidiu com uma carrinha, no cruzamento da Rua de Armando Vaz com a Rua da Guarda, em Perafita.

Foi levado numa outra viatura de emergência médica ao hospital, onde deu entrada consciente. Contudo, acabou por falecer horas depois do acidente.

O homem, de 95 anos, estava acompanhado pelo filho e por um bombeiro. Ao volante estava um outro elemento dos Voluntários de Matosinhos/ Leça. O condutor da carrinha pick-up ficou ferido sem gravidade.

Ao que o JN apurou, o homem residia com a filha, o genro e os netos, no concelho de Matosinhos. Desconhecem-se as causas da morte e não há certezas sobre uma possível ligação direta entre o sinistro e o falecimento.

As cerimónias fúnebres realizaram-se na manhã de ontem e a missa de sétimo dia está marcada para domingo, às 8 horas, na igreja paroquial de Lavra.

Ambulância destruída

O acidente ocorreu na passada terça-feira, por volta das 10.20 horas. Tal como o JN noticiou, a ambulância ficou parcialmente destruída após ter tombado na estrada. Aquando do sinistro, tinha a sirene e os pirilampos ligados. A viatura do INEM estava ao serviço da corporação de Matosinhos/Leça há cerca de um mês e era "uma aspiração de há anos", como referiu António Lima, comandante-adjunto. "Não me lembro de semelhante situação no concelho de Matosinhos, nem com a nossa associação nem com as outras", afirmou, no dia do acidente.

Venda o Seu Carro