Citydrive: O fim de um dos primeiros serviços de carsharing em Portugal

24 Abril 2018 - auto.monitor

Citydrive: O fim de um dos primeiros serviços de carsharing em Portugal

Chegou a Lisboa em 2014, anunciou um plano de expansão em 2017 e agora... desapareceu do mapa da mobilidade - a Citydrive, um dos primeiros serviços de carsharing a operar em Portugal, deixou de operar.

Segundo avançou o jornal económico Eco, foram entregues ao Ministério Público três pedidos de insolvência da Citydrive e alguns trabalhadores queixam-se de salários em atraso: "Foram seis meses de trabalho em vão. Eles desapareceram do mapa. Ficaram a dever a toda a gente", afirmou ao jornal uma fonte que trabalhou na promoção da empresa.

Antes da DriveNow e da recente Emov, players associados a marcas firmadas do setor automóvel, a Citydrive já se tinha instalado em Portugal desde 2014, tendo nascido sob a alçada da Startup Lisboa. A empresa contava com uma frota de 40 carros Opel  e Skoda em Lisboa e tinha anunciado que, até final de 2018, queria colocar 200 novos veículos elétricos em Lisboa e no Porto.

No site oficial da Citydrive é indicado que "o serviço encontra-se temporariamente indisponível", a página de Facebook encontra-se desativada e as restantes redes sociais foram abandonadas. A fonte contactada pelo jornal Eco revela ainda que os ex-trabalhadores não estão a conseguir contactar a administração há já algum tempo: a empresa foi deixada "ao seu acaso e sorte" e "inúmeras tentativas de contacto têm sido realizadas para a gerência da empresa e sua administração, mas qualquer tentativa tem sido condenada ao insucesso".

Recorde-se que Jason Reid assumiu a gestão da Citydrive em Portugal depois de a empresa Nextmotion Unipessoal Lda., fundada por João Pernes, ter sido comprada pelo grupo suíço Yo!Car em 2016.

Venda o Seu Carro