Réplica do automóvel mais antigo do mundo pode ser vista no Porto

1 meses, 2 semanas atrás - 14 Dezembro 2022, motor24
Réplica do automóvel mais antigo do mundo pode ser vista no Porto
Uma réplica funcional do Benz Patent Motorwagen, considerado o primeiro automóvel de sempre, está em exposição nas novas instalações da Sociedade Comercial C. Santos, representante da Mercedes-Benz, no Porto.

O Benz Patent Motorwagen exposto naquele local é uma réplica do primeiro veículo com motor de combustão com licença para circular na via pública, tendo sido ppatenteado a 29 de janeiro de 1886 por Carl Benz. Apesar de se tratar de uma réplica, este exemplar é funcional e pode mesmo ser conduzido.

A patente – número 37435 – é considerada como a certidão de nascimento do automóvel. Carl Benz projetou o veículo como um triciclo porque não estava satisfeito com os sistemas de direção disponíveis na altura para viaturas de quatro rodas. O motor de 954 cc monocilíndrico de quatro tempos tinha menos de 1 CV de potência (0,75 CV, mais concretamente) e a velocidade máxima era de apenas 16 km/h, mas foi o arranque de mais 136 anos de história automóvel.

O Benz Patent Motor Car foi conduzido pela primeira vez em público no dia 3 de julho de 1886, na Ringstrasse, em Mannheim. Ao contrário dos seus concorrentes, Benz buscou uma abordagem integrada no desenvolvimento do Patent Motorwagen: o motor, o chassis e os componentes da transmissão foram ajustados entre si para formarem uma única unidade. O motor, com um peso de cerca de 100 kg, era muito leve para os padrões da época. O motor monocilíndrico era simples, mas tinha todos os detalhes essenciais ainda hoje encontrados na maioria dos motores de combustão interna: cambota com contrapesos, ignição elétrica e refrigeração a água.

O carburador de superfície desenvolvido por Carl Benz, contendo um abastecimento de 4,5 litros de gasolina, servia para a preparação da mistura. Para percorrer uma distância de 100 km, o Patent Motorwagen precisava de cerca de 10 litros de gasolina.

O arrojo de Bertha na primeira viagem do BenzApesar da inovação, ainda persistiam algumas dúvidas quanto à validade do conceito e à sua segurança, cabendo a primeira grande viagem do Patent Motorwagen, em 1888, ao arrojo de Bertha Benz (mulher de Carl Benz) que, em agosto desse ano, viajou com os seus dois filhos, Eugen (15) e Richard (14), naquela que veio a ser a primeira viagem automóvel de longa distância da história. O trajeto incluiu alguns desvios e levou os viajantes de Mannheim a Pforzheim (cidade natal de Bertha).

Com esta viagem de 180 quilómetros (ida e volta), Bertha Benz validou o conceito do automóvel. Em 2019, a Mercedes-Benz divulgou um vídeo em que homenageia a viagem protagonizada por Bertha Benz.

A presença do Benz Patent Motorwagen no nosso showroom permite-nos juntar no mesmo espaço os veículos mais tecnológicos da atualidade àquele que é considerado o primeiro automóvel do mundo. Tudo isto nas nossas novas instalações, que são, também estas, um exemplo da modernidade dos novos dealer standards da Mercedes-Benz”, refere o chefe de vendas de veículos ligeiros de passageiros da Sociedade Comercial C. Santos, Rui Santos da Cunha.

Support Ukraine