Nova Transit Connect com motorização PHEV

1 week, 5 days atrás - 12 Fevereiro 2024, autonews
Nova Transit Connect com motorização PHEV
Avançado grupo motopropulsor híbrido plug-in (PHEV) proporciona uma autonomia elétrica de 110 km

A Ford Pro desvendou o novíssimo furgão compacto Ford Transit Connect, completando a nova geração de veículos comerciais Transit eletrificados de elevada produtividade da marca na Europa. Os avançados e eficientes grupos motopropulsores incluem a primeira Transit Connect híbrida plug-in, que oferece às empresas uma generosa autonomia elétrica de 110 km, bem como capacidade de carregamento rápido AC e DC. 

Os clientes também beneficiam de uma maior capacidade de carga, com volumes até 3,7 m3, e de um novo e transformador conceito de bancos para os modelos Kombi. As características premium adicionais incluem uma nova opção de tração integral inteligente, um cockpit digital conectado e o mais recente conjunto de sistemas avançados de assistência ao condutor da Transit Connect.

Quer se trate de uma pequena empresa ou de uma frota urbana, os operadores da Transit Connect podem acelerar a sua produtividade através do suporte Ford Pro, incluindo software, manutenção e planos de financiamento flexíveis, bem como uma solução dedicada de frota para telemática.

Esta terceira geração Transit Connect da Ford Pro faz parte da gama de furgões compactos mais forte de sempre da Ford Pro, junto com a novíssima Transit Courier e a futura E-Transit Courier eléctrica.

A Ford Transit Connect entrará em produção na primavera de 2024, com as primeiras entregas das versões a diesel previstas para o verão deste ano, no âmbito de um plano de lançamento faseado. A Transit Connect PHEV juntar-se-á à gama antes do final do ano, com as propostas de tração integral e Kombi a completarem o alinhamento no início de 2025.

Gama Transit eletrificada da Ford Pro na Europa

A Transit Connect PHEV  é a peça final da eletrificação da família Transit da Ford Pro na Europa, após a introdução da E-Transit  líder do segmento, da E-Transit Custom  elétrica - a primeira versão elétrica do furgão de uma tonelada mais vendido na Europa  - e da E- Transit Courier.

A Transit Connect apresenta uma gama de motorizações completamente nova, encabeçada pela primeira versão PHEV do modelo. O sistema associa um motor a gasolina EcoBoost de 1,5 litros a uma bateria de alta voltagem e a um motor elétrico para debitar uma potência combinada de 150 cv e 350 Nm de binário através de uma transmissão automática de dupla embraiagem de seis velocidades. A carga útil máxima é de 770 kg,  e o peso máximo do reboque é de 1.400 kg. 

A Transit Connect PHEV tem uma autonomia elétrica até aos 110 km e, no modo EV, pode ainda fornecer até 330 Nm de binário para transporte urbano de carga.

Se necessário, os clientes podem recarregar a bateria através de um carregador rápido de 50 kW DC, ou fazer recargas totais utilizando o carregador AC de 11 kW a bordo, entre turnos. 

São três os modos de condução que ajudam a otimizar a utilização da energia: 

  • EV Now, para conduzir utilizando apenas o motor elétrico;
  • EV Auto, que equilibra os motores EV e a gasolina para melhor se adaptar às condições de condução;
  • EV Later, para poupar energia do VE para mais tarde - útil para autoestradas antes de chegar a uma cidade. 

Capacidade de transporte de carga

A Transit Connect foi concebida para servir uma vasta gama de requisitos dos clientes de furgões compactos, pelo que a Ford Pro oferece o modelo com opções de distância entre eixos curta ou longa, nas carroçarias Van de dois lugares ou Kombi de cinco lugares.

O novo design da área de carga do furgão proporciona um maior volume de carga de 3,1 m3 ou 3,7 m3, dependendo da escolha da distância entre eixos. A carga útil máxima é de 820 kg 8 e a competitiva capacidade de reboque de 1.500 kg 9 permite aos clientes rebocar uma vasta gama de equipamento de apoio à sua atividade.

A Ford Transit Connect Kombi introduz um novo e revolucionário conceito de bancos flexíveis, que permite aos clientes de dupla utilização mudar rápida e facilmente o seu veículo de um confortável veículo de cinco lugares para um furgão de trabalho de grande capacidade. O banco traseiro rebate-se facilmente, em segundos, para a frente e para cima, aumentando o volume de carga para 2,5 m3 (L1) ou 3,1 m3 (L2), com os modelos L2 a terem espaço para duas Euro paletes. 

Na sua posição rebatida, os bancos traseiros formam uma antepara protetora a toda a altura e asseguram que os ocupantes dos bancos da frente beneficiam de uma experiência de condução requintada.

Apoiamos a Ucrânia