Hyundai Ioniq 6: um elétrico que promete tudo e mais alguma coisa

5 months atrás - 3 Julho 2023, motor24
Hyundai Ioniq 6
Hyundai Ioniq 6
Desportivo, vanguardista e 100% elétrico. O Hyundai Ioniq 6 já está à venda em Portugal e promete um pouco de tudo e mais alguma coisa: visual arrojado, conforto, potência e autonomia. O preço começa nos 59 390 euros.

O novo Ioniq 6, que a Hyundai acaba de fazer chegar aos concessionários, é um familiar 100% elétrico, de quatro portas e cinco lugares, que promete oferecer quase tudo o que possa ser reclamado neste competitivo mercado: um visual vanguardista (e distintivo), uma autonomia bastante generosa e inspiradora de confiança, uma potência capaz de satisfazer níveis muito aceitáveis de adrenalina e um habitáculo espaçoso e com bastantes toques de luxo. No fundo, um pouco de tudo e mais alguma coisa.

Comecemos pelo exterior. Modelo fotogénico, diga-se, o Ioniq 6 não desilude na sua presença ao vivo. É um modelo que não deixa ninguém indiferente à sua passagem. Ou se odeia ou se adora. As suas formas ostensivamente arredondadas começam por estranhar e só o tempo dirá se acabarão por entranhar-se.

Desportivo e vanguardistaPara a criação destas linhas revolucionárias, a Hyundai inspirou-se no desenho intemporal do Prophecy Concept EV, apresentado há três anos. A ideia é jogar com as formas desportiva a e futurista. A exclusiva tipologia Streamliner do Ioniq 6 carateriza-se pelas linhas simples e puras e por um desenho aerodinâmico definido como Emotional Efficiency. O conjunto exibe um perfil aerodinâmico de curva ímpar e apresenta o mais baixo coeficiente de resistência aerodinâmica da Hyundai – 0.21 Cd. Uma garantia, diga-se, em termos de eficiência energética e que lhe permite uma maior autonomia – 614 km (valores WLTP).

Na traseira, não passam despercebidos o spoiler traseiro elíptico, com uma ponta em asa pequena, nem os faróis paramétricos em pixel com desenho exclusivo, ou, tão-pouco, a forma , descrita pela marca como de “rabo de paro” – algo bizarra, admitamos.

O habitáculo beneficia da grande distância entre eixos (2950 mm), o que, juntamente com a plataforma E-GMP originam o maior espaço para as pernas dos ocupantes da fila da frente de todos os modelos da Hyundai. A marca baseou-se na sua visão do “Progresso para Humanidade” e no conceito Streamliner para criar o interior do Ioniq 6 que privilegia o conforto e o espaço dos ocupantes, como se de um “refúgio pessoal” se tratasse.

Suavidade em movimentoO Ioniq 6 conta com duas versões de equipamento, ambas equipadas com o mesmo motor de 228 cv e com uma bateria de 74 kWh. Nos primeiros (e poucos) quilómetros cumpridos ao volante deste modelo, realizados na apresentação nacional, no Guincho, em Cascais, foi possível comprovar o seu dinamismo sempre com muita suavidade e estabilidade.

A versão de entrada, Premium, está disponível por 59.390 euros e a mais elitista, a Vanguard, eleva o preço para os 64.790 euros. De referir, que a autonomia anunciada pela marca é de até 777 km.

Disponíveis logo de série, existem dois ecrãs com 12,3’’ no tablier para instrumentação e multimédia. Ambas as variantes de equipamento disponibilizam o sistema de navegação, abertura elétrica da bagageira, bancos dianteiros aquecidos, vidros traseiros escurecidos, câmara traseira e alerta de ângulo morto.

O nível Vanguard junta-lhe outros pormenores requintados, como, por exemplo, os ajustes elétricos dos bancos dianteiros, o volante aquecido, o sistema de som Bose, as jantes de 20” (18” no nível de equipamento Premium), os estofos em pele, o head up display e ainda uma câmara de 360º.

Apoiamos a Ucrânia