Honda regressa ao ponto Zero com nova série global de elétricos

4 months, 1 week atrás - 10 Janeiro 2024, motor24
2024 Honda Saloon
2024 Honda Saloon
A Honda apresentou dois concepts para a sua nova geração de automóveis elétricos globais, a que deu o nome de Série 0 (‘0 Series, em inglês), preconizando assim uma nova abordagem para a mobilidade elétrica com uma berlina de visual futurista e uma carrinha ‘multifunções’ com foco no espaço. Um novo símbolo também fez parte das novidades.

Esta nova série de modelos 100% elétricos chegará ao mercado em 2026, com os protótipos revelados na Feira de Eletrónica de Las Vegas (CES) a indicar como serão os futuros modelos de produção em série com foco na modularidade, agilidade e aproveitamento do espaço.

Com o objetivo de se tornar neutra nas emissões de carbono em todos os seus produtos e atividades corporativas em 2050, a Honda pretende abraçar soluções sem emissões na totalidade até 2040 – incluindo aqui os modelos 100% elétricos e os de pilha de combustível a hidrogénio (FCEV).

A série Honda 0 é uma nova série de veículos elétricos que simboliza a forma como a Honda está a passar por uma grande transformação, com o nome desta série a representar a determinação da marca nipónica em assumir este desafio de desenvolver novas séries de veículos elétricos voltando ao ponto de partida da Honda como fabricante de automóveis – veículos a partir do zero, o recomeço para a marca.

Com esta nova série de veículos elétricos, a Honda pretende aprofundar a sua dedicação ao conceito M/M (Homem/Máquina) e a “alegria de conduzir”, que a Honda valoriza no seu fabrico de automóveis, e levar a “alegria e liberdade da mobilidade” a níveis ainda mais elevados. Em 2026, a Honda começará a introduzir o primeiro modelo da série Honda 0 a nível mundial, começando pela América do Norte, depois no Japão, Ásia, Europa, África, Médio Oriente e América do Sul.

Com esta nova série de veículos, a Honda quer afastar-se da ideia de veículos ‘largos e pesados’ que advém do aumento da capacidade das baterias para garantir autonomia suficiente, bem como plataformas e carroçarias volumosas para acomodar essas mesmas baterias. A Honda apelida a sua abordagem aos veículos elétricos sob as premissas ‘Fino, leve e inteligente’.O conceito ‘fino’ aplica-se ao design estilizado e desportivo, simultaneamente aerodinâmico, baixo e com uma plataforma fina para um piso baixo, ao passo que o ‘leve’ aponta para um ideal de condução desportiva em aliança com a eficiência. Por fim, o conceito ‘inteligente’ compreende a abordagem moderna de oferecer produtos de mobilidade definida por software com o conhecimento granjeado pela Honda ao longo das décadas.

Os futuros elétricos da Honda serão produzidos com base nesta abordagem de desenvolvimento e irão evidenciar cinco valores-chave: design artístico, sistemas de assistência à condução para enorme segurança (prevendo nível 3 de condução autónoma para a segunda metade de 2020), um ‘espaço’ para as pessoas tornado possível pela Internet das coisas e tecnologias conectadas, o prazer de diversão com o sentimento de conexão com o veículo e, por último, eficiência elétrica fora de série.

No que à segurança diz respeito, a Série 0 da Honda irá contar com um sistema de condução autónoma e será oferecido a cada vez mais modelos consoante estes se tornem mais acessíveis. Este sistema está a ser desenvolvido com base no conceito de segurança “centrado no ser humano” da Honda. Incluirá tecnologias avançadas de IA, deteção, reconhecimento/tomada de decisões e monitorização do condutor para realizar previsões de risco mais humanas, naturais e de alta precisão, tornando possível oferecer funções de condução automatizada que as pessoas possam utilizar com segurança e tranquilidade. Estas tecnologias avançadas de AD aumentarão o número de situações em que a condução automatizada pode ser utilizada nas vias rápidas e tornarão disponíveis nas estradas normais algumas das funções de “mãos livres”, atualmente disponíveis apenas nas vias rápidas.

A Honda pretende continuar a desenvolver a tecnologia elétrica utilizando como base a aprendizagem obtida nos seus veículos híbridos e na competição automóvel. Os modelos de Série 0 da Honda terão eixos elétricos (e-Axles) com “excelente conversão de potência, eficiência e acondicionamento, conjuntos de baterias de alta densidade e leves e excelente performance aerodinâmica, apontando a uma autonomia suficiente ao mesmo tempo que minimiza a capacidade da bateria levada no veículo”.Adicionalmente, para abordar as preocupações em torno dos tempos de carregamento e degradação das baterias, estes modelos da Honda deverão contar com tecnologia que reduz o risco de degradação ao longo dos anos. O carregamento de 15% a 80% será encurtado para cerca de 10 a 15 minutos.

Novo logótipo

Com esta nova série, a Honda pretende reintroduzir também um novo lema – ‘The Power of Dreams – How we move you’, o que pode ser traduzido para português como ‘O poder dos sonhos – como nos vos movemos’. Ao mesmo tempo, o ‘H’ tradicional da Honda será reinterpretado e simplificado para esta nova fase de eletrificação, sendo aplicado aos modelos da Série 0 vindoura.

O atual logótipo ‘H’ tem uma longa história, que remonta a 1981, quando foi renovada a partir da versão anterior. Para comemorar o desenvolvimento dos elétricos da próxima geração, a Honda decidiu conceber um novo logótipo para expressar a determinação da marca em prosseguir a transformação “e procurar constantemente novos desafios e avanços”.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Apoiamos a Ucrânia