Carros novos que podem ser roubados em 10 segundos

13 Agosto 2019 - turbo

Carros novos que podem ser roubados em 10 segundos

Uma investigação levada a cabo pela ‘What Car?’ encontrou graves falhas nos sistemas anti-roubo de algumas marcas.

Algumas marcas podem estar a revelar alguns problemas no que diz respeito à segurança dos seus veículos. Numa investigação levada a cabo pela 'What Car?', no Reino-Unido, foram colocados à prova sete automóveis e os seus respectivos sistemas de segurança.

O relatório final determinou que existem pelo menos 3 construtoras que apresentaram resultados preocupantes. O DS3 Crossback destacou-se pela negativa, sendo precisos apenas 10 segundos para que os 'ladrões' da 'What Car?' o conseguissem desarmar. O Audi TT RS Roadster também apresentou um resultado negativo, sendo preciso um tempo idêntico para o fazer desaparecer do mapa.

O Land Rover Discovery de 2018 teve um resultado ligeiramente mais animador. Mas 'ligeiramente' é mesmo a palavra que melhor define a prestação de um carro, que pode ser roubado em 20 segundos. A falta de tecnologia deste modelo, em comparação com a versão Sport, revelou-se uma vantagem.

Os automóveis que apresentaram as avaliações mais positivas nestes testes, foram o BMW X3 e o Ford Fiesta. Foram precisos 40 segundos para que os especialistas conseguissem entrar e guiá-los para fora daquela zona.

Estes testes colocaram as tecnologias sem-chave ('keyless') à prova. Os especialistas utilizaram um 'scanner' para aceder à frequência do sinal da chave original do veículo e assim, garantir acesso ao mesmo. Os carros da Mercedes, BMW e da Ford foram os mais difíceis de desarmar, pois estão equipados com uma tecnologia que 'fecha' o sinal das chaves, a partir do momento em que os carros estão imobilizados.

Steve Huntignford, director da 'What Car?' afirmou: "É escandaloso que alguns construtores tenham introduzido no mercado automóveis sem chave, que se revelam muito mais inseguros que os modelos tradicionais que vieram substituir".

Notícias Por Etiquetas

A1A2Acidentealfa romeoAlfa Romeo GiuliaAlgarveAmaranteaston martinauctionaudiAudi A3Audi A6Audi e-tronAudi q8Audi Rs6BarreiroBejabentleybikebikesBMWBMW 4 SeriesBMW 8 seriesBMW M3BMW m5BMW X3BMW x7bmw z4bombeirosBragaBrasilBrazilBugattiCabrioCampeonato Nacional de Velocidadecar rentCarlos GhosnCarro elétricocarros usadosCascaisCastelo BrancochinaChryslercitroenclassic carclassicsCoimbraconvertiblecoronavirusCrash Testcrash testsCristiano RonaldoCupradaciaDacia Dusterdieseldiesel scandaldieselgatedrag raceelectricEMELemissionsEspanhaEstacionamentoestradasEuropaeuropeevFaroFCAFerrariFiatFiat 500Fiat 500eFiat 500XFiat PandafordFord FiestaFord Focusformula 1FranceFrankfurt Motor ShowGenesisGeneva Motor ShowGermanyGNRGondomarGuimarãeshondaHonda CivichybridHyundaiitaliaItalyJaguarjeepJeep WranglerkiaLA Auto ShowLamborghiniLancialand roverLand Rover DefenderLand Rover DiscoveryLeirialexusLisboaLisbonLotusLouléMadeiraMaiaMarco de CanavesesMatosinhosmatrículasmazdaMazda CX-5Mazda MiataMcLarenMercado automóvelmercedesMercedes S-ClassmetrominiMini CooperMini CountrymanMitsubishiMorganMOTOCROSS E ENDUROmotorcyclemotorsportNew York Auto ShownissanNissan LeafNissan QashqaiOlhãoopelOpel CorsaOpel MokkaPalmelaParedesPenafielPeugeotPeugeot 208Peugeot 508Peugeot 508 SWpolicePonte de LimaPorschePorsche 911Porsche CayennePorsche TaycanportagensPortoPortugalProdução automóvelPSAPSPradaresRalicrossRange RoverrecallrenaultRenault DusterRenault MeganeRenault Zoerent a carrestorationsafetysafety ratingsSafety testsSamsungSanta Maria da FeiraSantaremseatSeat CupraSeat LeonSeat TarracoSergio MarchionneSetubalSintraskodasmartspainspy shotssubarusupercarssuvsuzukitaxitechnologyteslaTesla Model 3Tokyo Motor ShowtoyotaToyota Hiluxtoyota supratrucktuninguberukUnited StatesUSAvendasVendas de carrosViana do CasteloVieira do MinhoVila Nova de FamalicãoVila Nova de GaiaVila RealVila VerdeViseuvolkswagenVolkswagen GolfvolvoVolvo XC40vwVW CaddyVW golfVW PoloVW T-Roc