Toyota faz ‘recall’ de 3,2 milhões de viaturas

3 anos atrás - 22 Janeiro 2020, turbo
Toyota faz ‘recall’ de 3,2 milhões de viaturas
Problemas com o mecanismo de activação dos airbags, fizeram com que milhões de viaturas fossem chamados de volta à Toyota.

Uma das desvantagens do ‘boom’ electrónico da indústria automóvel, é que o mais pequeno ‘glitch’, pode originar sérias dores de cabeça. E neste caso especifico, até outro tipo de dores…

Uma falha no software do sistema de airbags, utilizado por vários modelos da Toyota, fazia com que estes não se abrissem no momento de um impacto. Esta unidade electrónica também revelou a sua ineficácia na gestão dos cintos de segurança, ao nível da sua tensão, em caso de acidente.

Toyota não foi a única afectada

A Automotive News Europe avança que dos 3,4 milhões de veículos, chamados à fábrica neste ‘recall’, pelo menos 2,9 milhões são provenientes dos Estados Unidos. Este defeito afectou vários modelos registados entre os anos de 2011 e 2019.

Em Abril, um estudo da Administração de Segurança Rodoviária dos Estados Unidos (NHTSA), já havia monitorizado esta unidade electrónica, em 12,3 milhões de viaturas.

O estudo concluiu, que outras marcas como a Fiat, Chrysler, Honda, Hyundai, Kia ou Mitsubishi, também tinham experenciado os mesmos problemas. Muitos modelos destas marcas partilham com a Toyota, o mesmo sistema electrónico, que activa os airbags.

De acordo com NHTSA, a unidade de controlo dos airbags produzidos pela TRW Automotive Holdings (actual ZF Friedrichshafen), apresentou falhas ao nível da electrónica, e que podem ter sido fatais, em pelo menos 8 ocasiões.

Support Ukraine