Novo CUPRA Tavascan: O imparável impulso da eletrificação

7 months atrás - 24 Abril 2023, motor24
Cupra Tavascan
Cupra Tavascan
A atravessar um momento de forma impressionante, a CUPRA revelou o seu próximo passo na era da eletrificação desportiva, com o Tavascan a ser apresentado, com pompa e circunstância, no ambiente cosmopolita de Berlim, na Alemanha. Dono de uma imagem muito poderosa, este SUV Coupé será lançado com duas versões de potência, mas em ambos os casos, 100% elétricas.

Ainda muito jovem, a CUPRA continua a ser um caso de sucesso inegável. Em cerca de cinco anos, a marca espanhola diversificou a sua gama e multiplicou os seus números de vendas, com mais de 300 mil automóveis nas ruas desde que foi lançada. Em crescendo, em 2022 venderam-se mais de 150 mil unidades da CUPRA, muito por ‘obra’ do Formentor, que foi o primeiro modelo integralmente desenvolvido sob a filosofia da companhia e que é, até aqui, o seu modelo de maior sucesso, com mais de 100 mil unidades matriculadas só em 2022. O elétrico Born, lançado em 2021, também tem vindo a ganhar tração e, em 2022, vendeu mais de 31 mil exemplares.

Números que deverão ser batidos este ano, já que só no primeiro trimestre de 2023, a CUPRA vendeu mais de 46 mil automóveis, com o mês de março a ser o melhor de sempre da marca. A ambição declarada de duplicar o número de vendas parece, então, alcançável, com a CUPRA a manter o mesmo espírito em termos de rebeldia e arrojo.

O Tavascan é um dos modelos que dão corpo a essa mesma ambição, com um design particularmente bem conseguido, que estreia um estilo de carroçaria na CUPRA, o de SUV coupé, além de nova linguagem de design e uma abordagem digital e tecnológica e reformulada. Mas, é sobretudo, uma marca que não abdica dos seus princípios fundamentais de personalidade e de arrojo imagético.

Estilo forte e irreverente

Na CUPRA somos a favor de uma identidade forte, o que pode não agradar a toda a gente, mas se fizermos um estilo que agrade a todos estamos a perder a alma e a identidade da CUPRA”, explica Jorge Diez, diretor de Design da CUPRA, durante a apresentação do novo Tavascan.

Embora mantendo o estilo mais robusto de um SUV, o novo Tavascan revela uma nova abordagem à dianteira, mantendo até algumas semelhanças com o concept Tavascan revelado há algum tempo. Destaca-se a nova assinatura luminosa Matrix LED nos faróis (com a forma geométrica do triângulo) e logótipo iluminado. Visto de frente, o capot sobrelevado ao centro e as tomadas de ar no para-choques alinham-se, virtualmente, para um ‘V’,

Lateralmente, os pilares A inclinados e recuados e a ampla superfície vidrada replicam a viseira de um capacete, com a linha de cintura ascendente da frente para a traseira a adicionar agressividade, dispondo ainda de jantes que vão até às 21 polegadas de diâmetro. Atrás, a assinatura luminosa ajuda a identificar o Tavascan e contribui para um design musculado, enquanto o pequeno spoiler atrás dá um toque suplementar na aparência desportiva.

Interior totalmente novo

O interior é descrito pela CUPRA como “revolucionário”, destacando a centralização das linhas através de um grande exoesqueleto entre os dois bancos da frente, como uma ‘espinha dorsal’. Essa peça central estrutural que suporta todo o interior une o corpo da consola central com o tablier, numa característica estrutural e arquitetónica.

O Tavascan será equipado de série com bancos de desenho desportivo, mas poderá receber, posteriormente, bancos desportivos CUP. A arquitetura escultural dos bancos utiliza uma estrutura leve que proporciona um novo conceito de design dos bancos sem reduzir o seu apoio. A elegância dos bancos é realçada pela escolha de cores, Soul Black, Dark Night, ou Enceladus Grey Metallic, esta última, exclusivamente concebida para a opção de topo, os bancos desportivos CUP.Os bancos acrescentam textura ao interior com uma escolha de materiais sustentáveis: Têxtil – com até 90% de poliéster reciclado – ou Microfibra – com até 50% de Microfibra reciclada. A malha paramétrica 3D enriquece o aspeto e a textura, enquanto melhora a sensação de leveza do interior.

No que diz respeito à tecnologia, o novo modelo da CUPRA integra um ecrã tátil central de 15”, o maior de sempre num modelo da marca, contribuindo para uma experiência de utilização Human Machine Interface (HMI) recentemente desenvolvido mais otimizado. O painel de instrumentos digital de 5.3″ e o head-up display de realidade aumentada (que projeta informação no para-brisas dos assistentes de segurança, navegação e do veículo) complementam o aspeto tecnológico mais avançado, sendo a iluminação ambiente também essencial.

A tecnologia LED é utilizada em todo o habitáculo – incluindo os painéis das portas dianteiras e traseiras – enfatizando os elementos flutuantes do interior, tais como o tablier e a consola central, sem esquecer a funcionalidade e a comunicação com os ocupantes. Os elementos decorativos em tom de cobre conferem ao interior uma sensação tipicamente CUPRA, enquanto a combinação do tom Soul Black com uma seleção de cores Deep Plum ou Dark Ice Metal para os painéis das portas, espinha dorsal e outras áreas acrescentam contraste.

Quanto à bagageira, estão disponíveis 540 litros de volume à partida, com abertura mãos-livres elétrica.

Numa tecnologia de alto gabarito para os adeptos da qualidade sonora, o Tavascan é o primeiro modelo da CUPRA a apresentar um sistema áudio de alta qualidade, com 12 altifalantes, desenvolvido em colaboração com a Sennheiser, especialista em equipamento de alta-fidelidade.Performance de alto nível

O novo Tavascan será proposto em duas variantes, sendo a mais potente, a VZ, dotada de configuração Dual Motor para traçãoo integral, com motor traseiro de 210 kW e dianteiro de 80 kW, podendo enviar até 30% da potência para as rodas dianteiras quando é necessária mais tração. Em conjunto, debita um total de 250 kW/340 CV e 545 Nm de binário do motor traseiro e 134 Nm do motor colocado no eixo dianteiro.

O sistema de tração integral utiliza um motor síncrono de ímanes permanentes com uma velocidade máxima superior a 13.000 rpm integrado acima do eixo traseiro, à frente do centro das rodas. O binário é transferido através de uma transmissão de uma só velocidade com um diferencial, suavizando a entrega para proporcionar a performance consistente associada à CUPRA.

É assistido por um motor instalado no eixo dianteiro quando a unidade de controlo a bordo deteta quaisquer requisitos de binário para as rodas da frente. O motor assíncrono dianteiro beneficia de perdas mínimas por arrasto quando inativo e esta unidade de propulsão frontal, montada coaxialmente, é também leve, pesando apenas 60 kg.

Sem ligações mecânicas convencionais, os dois motores comunicam instantaneamente, gerindo as cargas de forma rápida e eficiente. Cada um deles recebe novos comandos a cada milissegundo através do respetivo sistema eletrónico de gestão de potência e as variações de binário entre as rodas são suaves, tornando os ajustes impercetíveis para os passageiros.O CUPRA Tavascan VZ pode atingir os 50 km/h em apenas 2,4 segundos e cumprir a aceleração dos zero aos 100 km/h em apenas 5,6 segundos.

Já na base da gama encontra-se a versão Endurance, com motor apenas no eixo posterior, tração traseira, 210 kW/286 CV de potência e 545 Nm de binário.

Os modos de condução selecionáveis CUPRA – ‘Range’, ‘Comfort’, ‘Performance’, ‘CUPRA’, ‘Individual’ e ‘Traction’ (para a versão de tração integral) – melhoram a experiência do condutor.

Ao centro do Tavascan encontra-se a sua bateria de iões de lítio de 77 kWh úteis com módulos prismáticos de células arrefecidos por líquido, alojada numa estrutura de alumínio integrada na do veículo, aumentando a rigidez e mantendo o peso baixo e centralizado. No caso da versão Endurance, propõe uma autonomia de cerca de 550 quilómetros (WLTP), descendo ligeiramente para os 520 quilómetros na versão VZ de dois motores.

A eficiência do sistema é auxiliada pelo sistema de gestão térmica integrado que mantém a temperatura da bateria, assegurando que esta se mantém otimizada. A bateria inclui uma placa de base com canais de água integrados ligados ao circuito do líquido refrigerante.

O SUV terá ainda modo de regeneração acentuada (‘B’) e patilhas atrás do volante para gestão da intensidade de regeneração, permitindo escolher entre 4 níveis diferentes.

A bomba de calor faz parte do equipamento opcional, permitindo um aquecimento mais eficiente do habitáculo sem impacto na autonomia.

A capacidade de carregamento máximo em CC é de 135 kW, o que permite repor até 100 quilómetros de autonomia adicional em apenas sete minutos. Num posto de carga rápida, pode saltar de 10 para 80% em pouco menos de meia hora (dependendo das condições).

Quanto ao chassis, além da distribuição de peso bastante elaborada de 49/51 entre os eixos dianteiro e traseiro, utiliza ainda tecnologias bem conhecidas como a suspensão dianteira do tipo MacPherson e uma evoluída configuração multi-link na suspensão traseira, com afinação específica para garantir que o Tavascan fornece um comportamento seguro, preciso e emocionante.

Além disso, o ESC – que pode ser parametrizado em configuração desportiva (ESC OFF) – bem como a afinação do chassis com sistema Dynamic Chassis Control (DCC) Sport, permitem que o Tavascan seja um SUV coupé capaz de se adaptar ao estilo de condução de quem quer que esteja ao volante.

Segurança sem concessões

O novo SUV da CUPRA faz uso de um conjunto abastado de tecnologias de segurança e de assistência à condução, como as Predictive Adaptive Cruise Control, Traffic Sign Recognition, Intelligent Speed Adaptation, Side Assist, Lane Assist, Exit Warning, Exit Assist, Fatigue Detection e Rear View eSmart Camera. Este conjunto inclui funções avançadas de segurança ativa, tais como o Front Assist com apoio à mudança repentina de direção e assistência à viragem, sistema que previne ou atenua os possíveis danos numa potencial emergência, monitorizando outros utilizadores da via como automóveis, peões e bicicletas.

Com o novo sistema Car2x, a comunicação com outros veículos é ativada, partilhando informação rodoviária sobre veículos de emergência, veículos avariados, acidentes, etc., permitindo prevenir situações críticas com maior antecedência.

Quando a estrada à frente o permite, a tecnologia Travel Assist funciona em conjunto com o Adaptive Cruise Control, bem como melhora o seu desempenho devido à informação obtida a partir da Cloud. A informação acumulada mantém ativamente o veículo ao centro da faixa, adaptando a velocidade nas curvas. Esta tecnologia de nova geração também permite mudança de faixa de rodagem assistida em autoestradas.

Ampliar a oferta pela eletrificação

Sendo uma marca de performance e de lifestyle bastante demarcada, a CUPRA prepara uma aposta bastante firme na eletrificação ao abrigo do seu plano de transformação de mobilidade sustentada, conforme detalhou Wayne Griffiths, CEO da CUPRA.

“A viagem da marca para a eletrificação é o seu impulso imparável – está no centro de tudo o que fazemos. A CUPRA está a transformar-se em direção a uma marca totalmente eletrificada até 2030. São muitos os automóveis elétricos puramente racionais a chegar ao mercado. Não é esse o objetivo da CUPRA”, indicou aquando da revelação do Tavascan, que será produzido na China.

A este, que chegará ao mercado em 2024, seguir-se-ão, rapidamente, o CUPRA Terramar também em 2024 e o CUPRA UrbanRebel em 2025, o automóvel elétrico urbano da marca.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Apoiamos a Ucrânia