Com EcoBoost de 170 cv. Ford apresenta raçudo Puma ST Powershift

1 year, 2 months atrás - 12 Março 2023, turbo
Com EcoBoost de 170 cv. Ford apresenta raçudo Puma ST Powershift
A Ford acaba de reforçar a oferta daquele que é, hoje em dia, um dos seus best-sellers, o pequeno crossover Puma, com a introdução de versão mais “raçuda”, fruto da inclusão EcoBoost mais potente de sempre, transmissão automática Powershift e o nível de equipamento ST. Nome: Ford Puma ST Powershift.

Disponível também para o mercado nacional, este Puma ST Powershift destaca-se, desde logo, por estrear a versão mais potente de sempre do já bem conhecido tricilíndrico 1,0 litro EcoBoost, aqui com 170 cv de potência e 248 Nm de binário. Resultado, entre outros aspectos, do acréscimo da tecnologia Mild Hybrid de 48V.

Sobre as vantagens desta tecnologia, a Ford aponta a capacidade de recuperação mais rápida da energia, assim como carregamento da bateria de iões de lítio de 48V, mais rapidamente que outras soluções, o que, por sua vez, acaba permitindo ao motor de arranque/gerador integrado com correia (BISG) oferecer uma faixa mais longa de reforço do binário, melhorando o desempenho do motor quando a baixas rotações. Isto, ao mesmo tempo que o aumento da recuperação de energia garante mais 10 cv de assistência elétrica, incrementando a potência de pico.

Com transmissão Powershift e chassis ST
Igualmente no apoio ao desempenho, uma transmissão Ford Powershift de dupla embraiagem e sete velocidades com mapas de software revistos, de forma a não só maximizar a eficiência do trem de força, como também melhorar o conforto quando em modo totalmente automático. Isto, ao mesmo tempo que procura ajudar a manter o propulsor mild hybrid no regime ideal, como forma de beneficiar os consumos (6,3 l/100 km é a média anunciada) e emissões (144 g/km).

Já com a opção Sport seleccionada no sistema de modos de condução, uma atuação em que o sistema manter as relações de caixa mais baixas, durante mais tempo, com o condutor a poder recorrer, igualmente, às patilhas no volante, como forma de alcançar uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em que fabricante anuncia poder ser feita em 7,4s.

De resto e a procurar a acentuar as sensações, a presença da mesma tecnologia de válvulas de escape activas do Puma ST, para um melhor desempenho e sonoridade, e, nomeadamente, quando com o modo Sport accionado (existem ainda os modos Normal e Eco, em que a válvula permanece fechada), além do também já conhecido Chassis ST, sinónimo de uma suspensão traseira de barras de torção com uma rigidez torsional aumentada em 50% face ao Puma convencional e duas barra anti-rolamento à frente e atrás.

Presentes, ainda, molas com vectorização de força, uma solução patenteada pela Ford, e que contribuem para melhorar a estabilidade, agilidade e capacidade de resposta, quatro amortecedores Hitachi de tubo duplo e reactivos à frequência, assim como uma direcção com uma relação de 11,4:1, ou seja, quase 25% mais rápida na resposta que a do Puma convencional.

Estética e equipamento a ajudar às sensações
Finalmente e num SUV que não esconde, logo ao primeiro olhar, as pretensões desportivas, nomeadamente, através da inclusão de um difusor aerodinâmico Ford Performance à frente e que garante um aumento de quase 80% de downforce à frente, mas também um grande spoiler de tejadilho  e um difusor traseiro, o reforço deste mesmo posicionamento, através da disponibilização de uma palete de cinco cores para o exterior, entre as quais, a nova Azura Blue, tonalidade até aqui exclusiva da versão ST, a que se juntam, ainda, uma série de acabamentos em preto na zona da grelha, laterais, capas dos retrovisores e spoiler traseiro. Sem esquecer um acabamento Magnetite nas jantes em liga leve de 19 polegadas propostas de série.

Já no habitáculo, bancos desportivos desenvolvidos pela Ford Performance e com acabamento em couro sintético Sensico, base de carregamento wireless, modem FordPass Connect e sistema de comunicação e entretenimento Ford SYNC 3 compatível com Appe CarPlay e Android Auto, entre outros. Sendo que, já no domínio da segurança e ajuda à condução, a garantia da presença, de série, de sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, Assistência Pré-Colisão com Travagem Ativa, Assistência Ativa de Estacionamento, Alerta de Trânsito Cruzado com Travagem Ativa e Limitador de Velocidade Inteligente.

Sem preço conhecido
Agora apresentado, o novo Ford Puma ST Powershift não tem, no entanto e pelo menos para já, preço conhecido ou até mesmo data específica de chegada aos concessionários. Informações que, no entanto, a marca da oval azul certamente divulgará, em breve, também para Portugal.

Apoiamos a Ucrânia